Podcastblaster Podcast Directory  Podcast Directory

Podcast Search   
Podcast title TAKEMYBEAT
Website URL http://takemybeat.blogspot.com...
Description
Updated Sat, 04 Oct 2014 23:25:05 PDT
Category Music
Subscribe

Vote for this podcast
    Currently 0.00/5

Rating: 0.0/5 ( votes cast)

Link to this podcast TAKEMYBEAT

Episodes

1. Love Bump - Lone Ranger
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Sacou o nome de um heroi solitário, Lone Ranger, a um western de TV . Anthony Waldron apareceu em Kinsgton, depois de ter vivido muitos anos em Inglaterra . Já na ressaca do rocksteady, Lone Ranger abraçou o Studio One e lá gravou e produziu a maior parte dos singles . No entanto, cedo se fartou e começou o tal "toasting" que o caracterizou até hoje . A título de exemplo, esta faixa, um original de Slim Smith's com o nome de "Rougher Yet" foi [re]batizada por Lone Ranger como "Love Bump" e vendeu mais que o próprio original . Seguiram-se exemplos destes vezes sem conta e foi votado como o melhor SoundSytem de 1980 . O segredo e a originalidade de Waldron estava no uso de efeitos sonoros pouco usuais, como poderão ouvir nesta faixa . ("oink"; "bim", "ribbits") Lone Ranger é estilo, humor e pura classe .
Discografia:
1979 On The Other Side Of Dub
1980 Barnabas In Collins Wood
1980 M-16
1981 Rosemarie
1981 Hi-Ho Silver, Away!
1982 Badda Dan Dem
1984 D.J. Daddy
1985 Learn To Drive (compilation)
1994 Collections (compilation)
2002 Top Of The Class
2004 Dub Salvador Vol.1&2 (compilation, mixed)
2004 Kulchaklash w/Grant Phabao



MP3 File

2. Buju Banton - Batty Rider
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Reggae star Buju Banton is to go on trial next month in Jamaica for his alleged role in an attack on a group of six gay men, a judge said on Friday . Notícia adiantada ontem pela BBC News . Independentemente do andamento do processo, Bujo Banton (Mark Anthony Myrie) está a par com a justiça à mais de uma década, ora por assaltos, ora por consumo ilegal de marijuana, ora por ser homofóbico etc . É precisamente neste último ponto, que Buju cancelou ainda no passado mês de Setembro vários concertos em Manchester, fruto das reinvidicações de vários movimentos contra as letras de algumas canções . A faixa "Boom bye bye" editada em 1992 é prova disso e cedo se fizeram erguer mesmo na Jamaica a associação Stop Murder Music, que conseguiu [re]negociar com várias editoras a não edição de faixas com mensagens homofóbicas . Esta associação conseguiu inclusíve banir Buju Banton de um espectáculo para a MTV em Agosto deste ano, cancelar uma tournée inteira de Sizzla em Inglaterra etc . Este cenário, como devem calcular não abona nada em favor da indústria discográfica, o artista não promove o seu álbum através de concertos, a editora por sua vez não vende o que era esperado . Voltando ao que interessa, Bujo nasceu a 15 de Julho de 1973 em Kingston, começou muito cedo a trabalhar e aos 13 anos já girava discos nos dancehalls da altura . Em 1991, Buju gravava o seu primeiro registo fonográfico na Donovan Germain's Penthouse label, fazendo dupla com o engineer/producer/songwriter Dave "Rude Boy" Kelly . Com ele editou grandes temas, todos eles carregados de fúria, raiva, angustia e mensagens subliminares contra gays, policias corruptos, pobreza etc . No ano de 1992 edita Mr.Mention e destrona Bob Marley, com o maior número de singles atingirem o número um . "Batty Rider" foi uma dessas faixas . Para dançar e voltar a dançar .



MP3 File

3. This is Reggae Music - The Story of Jamaica's Music
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Reggae igual a Bob Marley . É esta [in]feliz associação que a maior parte dos comuns mortais faz vezes sem conta . Este livro, da autoria de lloyd Bradley editado pela Paperback, demorou 6 anos a publicar (investigação incluída) e esta associação nem sequer é mencionada ao longo de 600 páginas que atravessam toda a cultura jamaicana . Desde os anos 40, passando dos mento para os sound system, pelo ska, rock steady, reggae, dub, toasting etc, até aos anos 90, tudo é detalhado e traçado com uma realidade incomparável . Além da música, Bradley analisa todo o contexto político da altura (influências britanicas e americanas, incluídas), o contexto sócio-económico, o Rastafarianismo, a pobreza, a independência, o uso de marijuana e cruza entrevistas dos grandes mestres (Lee Perry, Prince Buster, Dodd, Reid etc), intercalando-os com anedotas e quotes, tornando a leitura realista, genuína e nada maçuda . Para quem é fã de Bob Marley as paragens são outras (mais tarde colocarei aqui) . Para acompanhar este -teaser- fica uma malha dos Culture - "See them a come" (uma produção de Joe Gibbs) pois é disso que aqui falamos . Bom dia!!!


MP3 File

4. Live Up
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Hoje não me apetece . É o Sizzla, o senhor anos 90 que chega a editar 3 álbuns por ano . Sorrir .
(amanhã escrevo)



MP3 File

5. Best Dressed Chicken in Town
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Não pode haver dúvidas em relação a este senhor . Bastante ignorado e esquecido por muitos, James Winston Thompson nasceu em Kingston em 1952, na parte oeste da mesma, parte essa da cidade repleta de ghettos, violência e pobreza . Fugiu de casa várias vezes e cedo viu na música o escape espiritual que procurava . Converteu-se ao Rastafaranismo e começou por ser DJ, tendo como mestre o enorme U.Roy . Lee Perry deu-lhe a mão e com ele produziu alguns trabalhos, destaques para: 'Piece of My Heart', 'Macabee the Third', and 'Place Called Africa Version 3', com o pseudónimo de Wiston Prince, Winston Prince transformou-se em Winston Cool, e mais tarde Ital Winston . Em 1973 acabou por formar a sua própria editora a Vital Food e editou o seu primeiro álbum 'Just The Other Day'. Não conseguiu, é certo, furar os Tops das rádios Jamaicanas, nem Inglesas, mas tornou-se no artista menos mainstream da altura, ganhando respeito nos circuitos mais underground de ambos os países . Finalmente em 1974, Doctor dirigiu-se aos estúdios de Lee Perry (Black Ark Studio) e com ele gravou "Beste Dressed Chicken" . Este tema usa quase na totalidade a base ritmíca de "Aint't no Sunshine" de Horace Andy, a esta base juntou-se os ingredientes que mais admiro ( e imagem de marca jamaicana ), o eco, o reverb e a equalização . Esta faixa demonstra todo o -know how-, ela é completamente biorrítmica, funciona com válvulas e compressores, ora é bombeada com equalizações a cima, ora a baixo, culminando num todo, repleto de neo-psicadelismo . Este é sem dúvida um dos melhores álbuns que a Jamaica viu nascer em toda da sua história, é por isso e por tudo o que já foi escrito, uma obra essencial .


MP3 File

6. Takemybeat - Podcaster II
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description: Tracklist - Takemybeat - Podcaster II

1.) Sizzla - Break Down Babylon
2.) Richie Spice - All Day All Night
3.) Buju Banton - Closer To Me
4.) Jah Cure - Hi Hi
5.) Anthony B - Gi Mi Dat
6.) Congo Dewah - Seek Jah First
7.) Jah Mason - Empty Barrel
8.) Jah Cure - Jah Bless Me
9.) Richie Spice - Earth a Run Red
10.) Admiral Tibet - Poor People
11.) I Wayne - Living In Love
12.) George Nooks - Troubled Heart
13.) Richie Spice - That Ghetto Girl
14.) Junior Kelly - The More I See Her
15.) Luciano - Silver and Gold
16.) Brian & Tony Gold - My Baby
17.) Ky-Enie - Don't Wanna Be Alone
18.) Shyam - Always
19.) Richie Spice - Take It Easy
20.) Kiprich - Telephone Ting
21.) Johnny Osbourne - Truth an Rights
22.) Choppa Chop - Lovely Day
23.) Sizzla - Give Jah Thanks
24.) Johnny Osbourne & Burro Banton - The Truth
25.) Richie Spice - Youths a So Cold
26.) King Kong - I Feel a Joy
27.) Jah Cure - Good Morning Jah Jah
28.) Sizzla - For You
29.) Anthony Cruz - Mamma's Blessing
30.) Omar Silk - Never Had To Lie
31.) King Imani - Rastafari Send

Uma hora de boa disposição para começar em grande este fim de semana . Menos -punch- que o anterior Podcaster, este abraça o reggae, os roots e deixa de lado as pistas de dança (ou não) e rema para um só lado, o amor . Bless you all . Espero que gostem .



MP3 File

7. Anthony B - Black Star - Black History
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
É tempo de arrancar o dia de hoje com um tema de 2005 . Anthony B (Keith Blair) começou como DJ em 1988 na Jamaica, ganhando uma extraordinária voz, fruto do trabalho nos coros de igreja de então . Até à data lançou cerca de 17 álbuns e participou em diversas compilações . Conhecido como o "Real Revolutionary" (o mesmo nome que deu ao seu segundo trabalho), Anthony B. regressa em força com este "Black Star" editado pela Greensleeves Records (casa mãe de muitos artistas, Dr.Alimentado, Sizzla, que mais tarde abordarei) . São 14 faixas no total e com convidados de luxo, tais como a dupla Robbie Shakespeare no baixo e Sly Dunbar na bateria, Jah Cure etc . Certo que não é o melhor álbum da carreira, diria até que está a milhas de distância do aclamado "Real Revolutionary" ou mesmo de "That's Life", mas contém uma preciosidade, o tema "Black History" . Um ska ao jeito dos Skatalites, para dançar pois claro .


MP3 File

8. Rivers of Babylon
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Um clássico . Um grande clássico . Formados na Greenwich Town, area de Kingston, Tony Brevett (irmão de Lloyd Brevett dos Skatalites) e Brent Dowe, um toaster à altura, e Trevor McNaughton na harmónica, nasceram em berço de ouro, nos estúdios de Dodd em 1966, onde gravaram 4 singles . Sem grande visibilidade na altura, mudaram-se para o rival Duke Reid em 1967-68 . (Dodd, 2 anos antes de falecer, confessou que um dos seus maiores erros foi ter deixado escapar os Melodians para Duke Reid)
Em 1969 (voodoo do Dodd?!?!) abandonaram Duke Reid e abraçaram o génio de Leslie Kong e gravaram este tema, um tema sobre a escravidão e o Rastafarianismo . Curioso é o facto de este tema ter sido tirado de um salmo (137) . Um salmo colectivo de súplica, no âmbito do exílio da Babilónia. Descreve a dor dos exilados por terem sido afastados de Jerusalém, e a sua incapacidade de manter na terra estrangeira as expressões de alegria que só em Sião faziam sentido. Além da mensagem carregada de dor e tristeza, Leslie Kong é morto no ano de 1971 e este É o seu tema .
(para ouvir em repeat, claro)


MP3 File

9. Everything Crash
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Leonard Dillon, compositor e cantor formou The Ethiopians em 1966 . Para tal fez-se acompanhar de Steven Taylor e juntos conheceram Peter Tosh (Wailers) que amavelmente os acompanhou para o Studio One e lá gravaram dois singles com o pseudónimo de Jack Sparrow, "Ice Water" e "Suffering on the land" . Na mesma altura Dillon descobriu Aston "Charlie" Morris, passando de duo a trio e editando excelentes temas para a Studio One, "Free Man," "Live Good" entre outros . Dillon trabalhava de dia na construção civil e lá conheceu outra grande lenda, Albert Griffiths (mais tarde formou os Gladiators) e juntos fizeram o clássico e o hit "Train to Skaville" . Meses mais tarde, juntou-se Melvin Reid e abraçaram um novo produtor, Carl "Sir J.J." Johnson e com ele fizeram "Everything Crash", lançado pela label Doctor Bird DB-1169, em 1968 com outro grande tema no lado B, "I'm Not Loosing You" . Um espelho da consciência social, com um ritmo titubeante e a fazer, para mim, o grande hit dos Ethiopians . (peço desculpa pela ausência durante a semana transacta)


MP3 File

10. Do the Reggay
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Embora o reggae já existisse como "beat", os Toots and The Maytals colocaram o nome reggay no mapa das designações . Reza a história que tudo começou na rua com uma simples gíria, se alguém não andasses na moda, era imediatamente rotulado de "streggae" e numa manhã de terça feira, Alan Light escreveu assim: "let's go along and do some reggae" . Produzido em 1968 por Leslie Kong, gravado e misturado no estúdio Dynamic Sound em Kingston .


MP3 File

11. Takemybeat - Podcaster I
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description: Tracklist - Takemybeat - Podcaster I

01. Damien Marley ft. Biggie Smalls – Welcome To Jamrock
02. Jah Cure – Love Is
03. Wayne Wonder – I Still Believe
04. Fantan Mojah – Thanks & Praise
05. Morgan Heritage – Tell Me
06. Chuck Fenda – God Is My Witness
07. I-Wayne – Lava Ground
08. Boscom X – Just One
09. Sizzla – Stop Fighting
10. Jah Cure – The Sound
11. George Nooks – Keep It Real
12. Turbulance – Food
13. Luciano – Not Again
14. Tony Rebel – Trust The Most High
15. Capleton – Undeniable
16. Bushman – Singing My Song
17. Luciano – Do Something
18. Turbulance – Burn Dem Everyday
19. Ini Kamoze – World A Music

Mesmo sendo fim de semana, há que manter boas vibrações . Segue aí em baixo quase uma hora de dancehall, reggae, ragga, hop-hop e tudo à volta . Peace .


MP3 File

12. 54-46 That's My Number
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Ainda no seguimento do Rocksteady e de tudo à volta, surge uma história engraçada com os Toots and the Maytals (Frederick "Toots" Hibbert, Nathaniel "Jerry" Mathias and Raleigh Gordon, todos originários de Kingston) . Além de terem sido a primeira banda a usar a palavra "reggae" num dos títulos da sua música "Do the reggay", foram também uma das bandas que mais problemas trouxe aos editores, pois nunca quiseram pagar royalites a ninguém e para isso mudavam de nome várias vezes (Vikings, the Royals, the Flames etc) . Os Maytals ficaram conhecidos por duas maneiras: por terem abandonado Coxstone Dodd e se terem aliado a Prince Buster e, quando em 1966 Frederick Hibbert foi preso por posse e consumo de marijuana . Nos 18 meses que lá passou, Hibbert escreveu este tema (54-46 o seu número de recluso) e quando foi libertado assinou com Leslie Kong (mais uma vez) para o produzir . Ainda na ressaca dos rudeboys, este tema fala da sua experiência vivida na cela e da forma como foi conduzida a sua detenção por ser simplesmente um Rastafarian .


MP3 File

13. The Israelites
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Continuando em Desmond Dekker e mais uma vez com a produção de Leslie Kong, este tema foi o primeiro a atingir o Top Ten nos US e logo número 1, o sonho de qualquer músico Jamaicano . The Israelites proclama o sofrimento, o refrão "...a poor me israelite" é altamente bíblico, mas o que interessava era o todo e este tema é tudo o que se pode ter, altamente catchy, uma notável harmonia vocal, baixos suturrados em cima de uma secção de sopro liderante e toda a estrutura bebop arrebatadora e ao mesmo tempo confortável . Puro génio .
(Desmond Dekker colocou nada mais nada menos, 40 músicas nos tops Jamaicanos)



MP3 File

14. 007 - Shanty Town
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Outra vez nos anos 60 . 007 - Shanty Town, produzido por Leslie Kong e tendo na guitarra Lyn Taitt (The Jets e The Comets), Desmond Dekker (aka Dacres, mais tarde Dekker) entra em 1969 directamente com o álbum Israelites para o Uk top 15 . James Bond, Rat Pack à parte, este tema é o que melhor representa o rocksteady, as letras "cruzadas", o vigor da guitarra de Taitt e a marcação do tempo, fazem de Desmond Dekker o senhor relações internacionais (muito antes de Marley) . Orfão desde muito cedo, Dekker tentou a sua sorte na música . Rejeitado pela Studio One e pela Treasure Isle, (Coxsone Dodd e Duke Reid respectivamente), Dekker encontrou na Beverley's Label (properiadade de Leslie Kong) a única oportunidade que lhe restava . 2 anos depois, grava o seu primeiro trabalho "Honour your father and mother" . Dekker fez-se acompanhar pelos Maytals e é através do álbum "King of Ska" que lhe é reconhecido o mérito porque tanto lutou . Anos mais tarde, forma a sua própria banda -Desmond Dekker and The Aces- .



MP3 File

15. Judge Dread in Court
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Com teimosia acima de tudo, Derrick Morgan não se fez rogado e ataca com este single, datado de 1967 e com a produção do excelente Leslie Kong (que terei oportunidade de referir mais vezes) . Todo este rodopio em torno dos rudeboys, fez com que o rocksteady se tornasse cada vez mais o reflexo e a voz da Jamaica de então . No pós-independência, outros icons desfilaram, ao contrário de Derrick Morgan e de Prince Buster, Desmond Dekker era a imparcialidade em pessoa e a demonstrar isso mesmo editou (007 - Shanty Town) o hino de todos os rudeboys...



MP3 File

16. Judge Dread
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Prince Buster responde com crueldade a Derrick Morgan, com este Judge Dread a incendiar literalmente a downtown jamaicana . Cecil Bustamente Campbell, filho de ferroviário, nasceu a 1938 em Kingston . Estávamos em meados dos anos 50 quando, ainda adolescente, largou a carreira de boxeiro e foi contratado pelo lengendário Coxsone Dodd (na altura ainda sem o templo Studio One, mas com um dos melhores soundsystems, o Downbeat), não para produtor ou cantor, mas sim para guarda costas do mesmo . Em 1959, Prince Buster abre a Buster's Record Shack e cria um soundsystem a que gentilmente lhe chama Voice of The People . Morgan e Buster eram ao mesmo tempo, advogados e juízes, e o povo suas testemunhas .


MP3 File

17. Tougher Than Tough
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Derrick Morgan, 1940, Kingston . Em meados de 1960, com o não menos conhecido Duke Reid, coloca 7 músicas no top ten do chart jamaicano, fazendo dele o único até agora capaz de tal proeza . Provávelmente já a pensar numa estratégia comercial, visto que até à altura só editava ska, o então conhecido como The King of Ska, editava em 1967 pela Pyramid Records, Tougher Than Tough, um espelho minucioso sobre os rudeboys da altura, mexendo nos egos rebeldes dos mesmos, Derrick Morgan proclama justiça e aclama -rude is on court...all you rudeboys stand...-
A resposta veio logo a seguir, através do seu grande rival, Prince Buster...


MP3 File

18. Take it easy
http://takemybeat.blogspot.com... download (, 0.00Mb)

Description:
Desacelarar o ritmo estonteante do ska e nele encaixar uma letra . Chamaram-lhe o Rocksteady .
Hopeton Lewis terá sido o primeiro a consegui-lo com este clássico, datado de 1966 .
O aparecimento do baixo e da guitarra electrificada (legado da influência americana) tornaram os músicos mais ágeis
e as linhas de baixo são, agora quem mais ordena .
Com produção de Joe Gibbs (um dos maiores produtores de Rocksteady) e voz de Delroy Wilson,
Take it Easy foi um dos emblemas do desemprego, dos rudeboys e um êxito nos dancehall da altura .


MP3 File